5 mentiras contadas sobre o processo de psicoterapia

1 abr , 2019 Psicologia

Hoje é dia 01 de Abril, também conhecido como “dia da mentira”. Nada como aproveitar a deixa para “desmentir” algumas crenças bastantes reproduzidas sobre o processo psicoterápico não é mesmo?

A Psicóloga Bárbara Elisa postou um excelente conteúdo sobre esse assunto em seu instagram (@psibarbaraelisa) que compartilho a seguir:⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀


A. O psicólogo não resolve seus problemas, ele caminha ao seu lado enquanto você assume as rédeas de sua vida e juntos exploram possibilidades.

B. Psicoterapia é cuidado em saúde mental, logo, é para todos aqueles que respiram, pensam, riem e choram: seres humanos.

Não é um luxo nem tão pouco se direciona apenas a uma parcela da população (mas sim, ainda temos desafios na rede pública para torná-la mais acessível, no entanto já há diversas possibilidade de acesso.) ⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

C. A escuta do psicólogo é qualificada. Qualquer pessoa pode ouvir, mas o psicólogo acolhe, devolve, estuda, costura e têm uma vida inteira de formação para ser capacitado para isto. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
D. Não é coisa de louco (e loucura não deveria ser algo pejorativo tá ok?). É um serviço sério e necessário tanto quanto qualquer outro serviço de atenção à saúde. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

E. O psicólogo não tem o papel de juiz, pelo contrário, ele deve exercer a “Epoché”, isto é, suspensão de juízos para ter contato com os fenômenos e vivências levados a ele.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
💭E você? Já se deparou com algum mito sobre a psicoterapia?


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *